Em vista da grande demanda de temas bíblicos na Escola Mater Ecclesiae, vimos ser necessário mais um curso de aprofundamento da Palavra, versando, desta vez, sobre as Parábolas e Páginas difíceis do Evangelho.

As Parábolas, na Série I, são uma rica mina de teologia e espiritualidade. A Série II aborda textos sobre os quais muitas pessoas têm dúvidas; elucidando-os, procuraremos manifestar também o seu valor de nutrimento para a espiritualidade.

1) Parábolas — foram dispostas de maneira a que proporcione ao estudioso uma visão de Deus e do seu plano de salvação. O Senhor aparece assim como o Alfa e o Ômega a interpelar o homem peregrino sobre a terra, ora generoso e sábio, ora resistente e insensato diante das propostas do Criador.

No módulo 1, temos uma Introdução às Parábolas em geral e seu sentido; nos dois módulos seguintes (2 e 3), versaremos sobre a eficácia e a fecundidade da Palavra de Deus.

Após estes estudos preliminares, voltamo-nos para Deus como o Princípio de toda obra de Salvação: Quem é Ele? (módulo 4 e 5). Como responder-lhe? Qual é a adequada atitude da criatura diante de Deus? (módulo 6 e 7)

A conveniente resposta do homem a Deus é a generosidade. Esta, porém, depende de uma tomada de consciência do sentido dos bens temporais: podem absorver o homem; quem sabe ultrapassá-los, é sábio; quem se deixa prender por eles, é insensato. Tal temática é desenvolvida nas parábolas dos módulos 9 a 13.

A sabedoria e a insensatez são responsáveis pelo Mistério do Bem e do Mal neste mundo, Mistério considerado nas parábolas dos módulos 14 a 18.

Para superar o mal e propugnar o bem, o Senhor deixou ao homem um recurso fundamental, que fecunda toda a atividade dos justos e é o ponto de partida da conversão dos pecadores: a Oração, aprofundada nos módulos 9 a 21.

Veremos que a oração nunca é vã ou inútil, pois a Misericórdia de Deus se revela inesgotável para com o homem que a Ele se dirija. (módulos 22-27)

Caminhando entre as escolhas desta vida, fortalecidos pela oração, o cristão tem consciência de que tende aos Bens definitivos. Por isso, ele vigia e se prepara para o Grande Encontro com a Beleza Infinita. (módulos 28-30)

2) Páginas difíceis do Evangelho:

Quem se aplica à leitura do Santo Evangelho, depara-se com passagens obscuras, redigidas em estilo semita e recorrendo a figuras de linguagem não usuais em nossos dias, podem perturbar o leitor.

Este curso apresenta uma série de módulos referentes a textos difíceis do Evangelho. São certamente portadores de mensagem, que se manifesta a quem procure penetrá-lo humildemente com recursos da lingüística e da cultura antiga, aguçados pelo olho da fé e do amor. Seguiremos um percurso cronológico, começando pelos ascendentes de Jesus para terminar com as questões relativas à Páscoa do Senhor.

Entre os temas estão: as duas genealogias de Cristo; o seu nascimento; as tentações de Jesus; o sermão da montanha; as atitudes de Jesus com Maria; vida terrestre de Jesus; dia e hora da morte de Jesus.

DADOS GERAIS:

 Quantidade de módulos: 44
Número de páginas: 226
Idioma: Português (BR)
Acabamento: Brochura ou Espiral
Tamanho: 18×26 cm

EMENTA DO CURSO:

1 – As Parábolas do Evangelho

  1. a) As Parábolas – Introdução
  2. b) A semente em diversos terrenos (Mt 13,3-9.18-23)
  3. c) A semente que cresce por si (Mc 4,26-29)
  4. d) A Ceia nupcial, veste nova, vinho novo (Mt 9,14-17; Mc 2,18-22; Lc 5,33-39)
  5. e) Os operários chamados à vinha (Mt 20,1-16)
  6. f) As dez minas (Lc 19,11-27;cf. Mt 25,14-30)
  7. g) As crianças que brincam na praça pública (Mt 11,16-19; Lc 7,31-35)
  8. h) O tesouro oculto e a pérola preciosa (Mt 13,44-46)
  9. i) O rico insensato (Lc 12,16-21)
  10. j) O ricaço e Lázaro (Lc 16,19-31)
  11. k) O administrador infiel (Lc 16,1-9)
  12. l) As dez virgens (Mt 25,1-13)
  13. m) Construção e guerra previdentes. Decisão radical (Lc 14,28-33)
  14. n) O joio e o trigo (Mt 113,24-3.36-43)
  15. o) Os vinhateiros homicidas (Mt 21,33-46; Mc 12,1-12; Lc 20,9-19)
  16. p) Os convidados descorteses (Lc 14,16-24; Mt 22,1-14)
  17. q) A verdadeira contaminação (Mt 15,1-20)
  18. r) Reino de Deus e Reino de Satanás (Mt 12,25-30.43-45; Mc 3,23-27;Lc 11,17-26)
  19. s) O amigo importuno e a criança que pede a merenda (Lc 11,5-13)
  20. t) A viúva e o juiz iníquo (Lc 18,1-8)
  21. u) O fariseu e o publicano (Lc 18,9-14)
  22. v) A ovelha perdida. A dracma perdida (Lc 15,4-7.8-10)
  23. w) O Filho Pródigo (Lc 15,11-32)
  24. x) Os dois devedores (Lc 7,36-50)
  25. y) O servidor inclemente (Mt 18,23-35)
  26. z) O Bom Samaritano (Lc 110,25-37)
  27. aa) A figueira agraciada (Lc 13,6-9) e a Amaldiçoada (Mt 21,18-22)
  28. ab) “Vigiai!” (Mc 13,33-37; Lc 12,35-48; Mt 24,42-51)
  29. ac) A rede de pesca (Mt 13,47-50)
  30. ad) A figueira que brota (Mt 24,32s; Mc 13,28s; Lc 21,29-31)

2 – Páginas Difíceis do Evangelho

  1. a) As duas genealogias de Cristo (Mt 1,1-17; Lc 3,23-38)
  2. b) A data do nascimento de Jesus
  3. c) Os magos e Jesus (Mt 2,1-23)
  4. d) A estrela dos Magos (Mt 2,2)
  5. e) As tentações de Jesus (Mt 4,1-11; Mc 1,2s; Lc 4,1-13)
  6. f) O sermão da montanha (Mt 5-7)
  7. g) Matrimônio e divórcio (Mt 5,32;19,9)
  8. h) A atitude de Jesus para com Maria (Lc 2,49; Jo 2,1-11,2; Mt 12,46-49; Lc 11,27s)
  9. i) Muitas moradas na casa do Pai (Jo 14,1-3)
  10. j) O camelo e a agulha (Mt 19,24)
  11. k) Quatro questões no fim da vida terrestre de Jesus (Mt 24,15; Lc 22,17; Mc 14,24; Mt 27,46)
  12. l) O dia e a hora da morte de Jesus